quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

{Casei - 1} O nosso convite, dos padrinhos e das madrinhas

Oi genteee!!!

Demorei mas cheguei... E vou começar falando dos convites. Criamos, com muito carinho e acredito que todos gostaram!

Assim como já havia falado tantas outras vezes por aqui, nós quisemos economizar ao máximo e fizemos o que pudemos. Isso, além de economizar milhões dinheiros, fez as coisas ficarem com a sua cara e a reação das pessoas é a melhor: "Você que fez, né?" "É a cara de vocês!" "Ficou lindo" "Não poderia ser diferente" (Pra outras coisas, existe Mastercard!)

Vou contar tudo, mas se mesmo assim quiserem saber mais, é só perguntar, ok?!

Sobre o nosso convite, comprei um papel texturizado na papelaria, envelope preto, bolinhas pratas, caneta prateada (de gel) e clipes de tamanho médio (também prateados). A ideia era ser preto e branco mesmo... E quer saber? Não poderia ter ficado melhor! Fizemos o melhor que estava ao nosso alcance, com o que podíamos pagar. E ficou lindo!





Quanto ao texto, podem ver que é bem simples, sem aquelas firulas todas que costuma ter. Desculpem-me as tradicionais, mas isso não faz o nosso estilo. Somos muito caseiros, diretos e não tinha porque fazermos isso ou aquilo só porque TEM QUE SER ASSIM ou SEMPRE FOI ASSIM ou ainda porque SE NÃO FOR ASSIM NÃO VAI PARECER UM CASAMENTO. Enfim. Por ouvir tantas e tantas coisas desse tipo, resolvemos que íamos fazer e entregar, sem consultar ninguém. Porque isso é o que NÓS QUEREMOS e pouco importa os "moldes da sociedade".
Tanto que, para escrever no envelope, eu mesma caprichei na letra e, sem nenhuma formalidade, colocamos os nomes pelo qual nos dirigimos à pessoa. Por exemplo: meu avô se chama Edwart e minha avó Helena, mas desde que nasci e para todo mundo eles são o Vô Tetê e a Vó Lê. Não tinha como ser diferente, a não ser convidar o Vô Tetê e a Vó Lê. As formalidades nesse caso ficaram de lado.


Já sobre o convite dos padrinhos e das madrinhas, fizemos assim: para os que eram casados, ou irmãos, ou mãe e filho, entregamos um para o casal. Já os que foram convidados individualmente receberam um cada um. Nas fotos vocês podem ter a ideia de como ficaram os três modelos. Claro que muitas das coisas que estamos fazendo foram tiradas de ideias da internet (procure, fuçe, mexa, remexa que você também acha). Fomos aprimorando, mudando aqui, mexendo lá e ficou com o nosso jeito, com a nossa cara. O texto foi exatamente o mesmo, mudando apenas para padrinho/madrinha, você/vocês.
Pra vocês deixo uma dica: filmem, fotografem, registrem todos os momentos. Por que? Porque nós tivemos as mais diversas reações e não registramos nenhuma delas. A parte boa de tudo isso? É que fica na nossa lembrança a cara, a emoção, os abraços, os choros e os risos de cada um.





Pra nós foi mágico! E posso dizer que economizamos alguns dinheiros em correr, ir atrás e fazer o mais simples possível. Sabe, as vezes o menos é mais...

Beijo!

2 comentários:

Jessica Araujo disse...

Ameiiiii tudo..... e é a cara de vocês mesmo.... ansiosa para ver o resto já...

Parabéns...
Tudo muito lindo...

Bjks

http://trajetoriadeumamae.blogspot.com/

Mariana Burger Demola disse...

Eu fiquei tão feliz de poder participar disso com vcs!!!
Não tenho noção da minha cara, mas, meu coração disparou!